Sugestões de pesquisa

Às vezes é preciso fazer exigências às pessoas

Esta reivindicação já tinha sido feita pelo Parceiro-principal do grupo ProMinent, o Prof. Dr. h. c. Viktor Dulger (* 18.12.1935; † 21.03.2016), nas palestras em que o fabricante de bombas de Heidelberg participava regularmente.

O abade-primaz, o Dr. Notker Wolf, na sua palestra sobre o desemprego deu que pensar aos seus ouvintes. Devemos preocupar-nos com cada desempregado, diz Wolf. É uma responsabilidade partilhada, que as pessoas encontrem um trabalho dignificado. "As pessoas precisam de uma atividade significante para que se sintam felizes e satisfeitas no seu íntimo e realizadas na sua vida."

O abade-primaz defende que os empresários têm de investir e simultaneamente pensar nos seus empregados para puderem obter lucro. Isto é uma grande responsabilidade. "Durante a crise, muitas empresas não despediram os seus empregados devido a uma preocupação genuína para com as suas famílias, e isto também deve ser reconhecido". Cada trabalhador tem de se sentir apreciado.

Wolf apelou da mesma forma à responsabilidade individual dos desempregados, que gostam de empurrar a responsabilidade para o estado e para a sociedade. A primeira responsabilidade para o desemprego e ultrapassá-lo, reside no próprio desempregado. "Às vezes é preciso fazer exigências às pessoas para as encorajar." No futuro deve-se dar um foco especial à formação", referindo-se a uma formação abrangente e à vontade para resolver problemas.

Ele próprio não tem uma solução contra o desemprego. "O desemprego é algo opressor, uma deficiência à qual não devemos ser indiferentes.

Só pode ser ultrapassado através de um esforço conjunto: as empresas, o governo, a sociedade, mas também os próprios desempregados. Temos de nos unir numa ação de solidariedade para encontrar um caminho para futuro."

Outros compromissos

1 2 3

ProMinent Newsletter - customized to your industry. Register now .