Sugestões de pesquisa

Ponto de medição para turvamento DULCOTEST DULCO turb C

Range de medição 0 - 1.000 NTU

Medições de turvamento com DULCOTEST DULCO turb C: Aparelho de medição compacto que trabalha com base na medição de luz de espalhamento, para medição do turvamento, fornecido com grande intervalo de medição e em diferentes versões para atender as normas ISO e EPA e com ou sem função de limpeza automática.

Descrição do produto

Medição online confiável do turvamento com pontos de medição DULCOTEST DULCO turb C

Os pontos de medição DULCOTEST para turvamento DULCO turb C com as versões TUC 1, TUC 2, TUC 5, TUC 6 são pontos de medição de turvamento compactos online compostos por sensor, armação de caudal e aparelho de medição. O aparelho de medição permite a exibição do valor de medição, a calibração, a transmissão do valor de medição através de um sinal de 4 – 20 mA e índices de violações dos valores limite e erros no aparelho. A cuvete de medição integrada no aparelho de medição possibilita a operação do aparelho no bypass do tubo do processo. No processo, o dispositivo de medição ótica não entra em contato com o fluido a medir.

O objetivo é o tratamento de água potável, a partir da aplicação do DULCO turb C em todos os passos do tratamento de água bruta, desde o monitoramento da filtragem até à medição do turvamento fino na água potável distribuída. Além disso, é possibilitado o monitoramento de turvamento de água de consumo levemente afetada, de águas residuais e de águas para tratamento na indústria alimentícia e de bebidas até um valor de turvamento de 1000 NTU. Os pontos de medição TUC 5, TUC 6 são o modelo posterior dos tipos TUC 3 e TUC 4 e , como estes, ao contrário dos tipos TUC 1/TUC 2, incluem uma função de autolimpeza baseada em ultrassom. Esta contribui para prolongar os intervalos de manutenção, o que é particularmente importante quando utilizada em águas com tendência à formação de depósitos. Os novos aparelhos de medição são, em grande parte, construtivamente idênticos aos antigos aparelhos. Distinguem-se apenas pela utilização de 5 teclas em vez da utilização de 4 teclas e a conexão USB com as funções de software que lhes estão associadas:

  • Recolha e memorização de dados de 1 ano de dados de medição e calibração
  • Variável, selecionável pelo utilizador, intervalos de gravação de 1 a 60 minutos
  • Descarregamento de dados através de uma unidade flash USB
  • Atualizações de software através da unidade flash USB
  • Saídas Modbus 4-20 mA e RS-485 em simultâneo

O princípio de medição corresponde ao de uma medição de luz de espalhamento. O raio de luz projetada na cuvete de medição com a amostra de água é difundido pelas partículas de substâncias turvas e é medida a luz de difusão em ângulo reto (90°) em relação à luz projetada (medição nefelométrica). A unidade de medição para a medição de turvamento pode ser indicada em NTU (Nephelometric Turbidity Unit) ou FNU (Formazin Nephelometric Unit). O processo de medição dos tipos TUC 1/TUC 5 (luz infravermelhos) corresponde à norma válida internacional ISO 7027 e à norma europeia DIN EN 27027. O processo de edição dos tipos TUC 2/TUC 6 (luz branca) corresponde à norma dos EUA USEPA 180.1.

Detalhes

  • O banco óptico não fica em contato com a amostra, amenizando erros de leituras e aumentado a vida útil dos sensores e emissores.
  • Cubeta de análise móvel que facilita a limpeza e calibração. Amostra de apenas 30 ml que aumenta o tempo de resposta.
  • Um único módulo para análise óptica e processamento do valor de medição, além de calibração com amostras padrões em um único ponto.
  • Facilidade no start-up do sistema e na operação, com envio de sinal para o display quando detecta alguma falha ou sujeira.
  • Controle de tempo integral, informando o total de horas por dia de execução e o total de dias de funcionamento a partir da data de instalação.
  • Função diagnóstico, que oferece registro das últimas 24hs completas: operação de válvula do dreno, relé, condutividade e temperatura.

Aplicação

  • Tratamento de água potável, cumprindo todos os passos do tratamento de água bruta, desde o monitoramento dafiltragem até à medição da turbidez na água potável.
  • Turbidez da água levemente afetada, de águas residuais e de águas para tratamento na indústria de alimentos e bebidas com valor de turbidez de até 1.000 NTU.
    1 2 3

    Detalhes

    • O processo de medição dos tipos TUC 1/TUC 5 (luz infravermelhos) corresponde à norma válida internacional ISO 7027 e à norma europeia DIN EN 27027.
    • O processo de edição dos tipos TUC 2/TUC 6 (luz branca) corresponde à norma dos EUA USEPA 180.1.

    Informações técnicas

    Intervalo de medição

    0…1.000 NTU

    Precisão

    ± 2% do valor apresentado ou ± 0,02 NTU abaixo de 40 NTU, consoante o valor que seja superior ±5% do valor apresentado acima de 40 NTU

    Resolução

    0,0001 NTU inferior a 10 NTU

    Tempo de resposta

    ajustável

    Tela

    Visor LCD multilinha com iluminação de fundo

    Relé de alarme

    Dois alarmes programáveis, 120 – 240 VAC, 2 A Relé Form C

    Sinal de saída

    4...20 mA, 600 Ω, isolamento galvânico: isolamento duplo, grau de interferência categoria de sobretensão II

    Interface de comunicação

    Modbus RS-485 bidirecional

    pressão máx.

    O regulador de pressão integrado regula 1380 kPa (200 psi), referente ao fluxo

    Vazão

    6…60 l/h

    Temperatura

    1…50 °C

    Materiais em contato com o produto químico

    Poliamida (PA), silicone, polipropileno (PP), aço inoxidável, vidro borossilicato

    Alimentação de tensão

    100 – 240 VAC, 47 – 63 Hz, 80 VA

    Conexão hidráulica

    Mangueira preta, interior 4,75 mm, exterior 8 mm, instalação em bypass no tubo principal do processo

    Condições do ambiente

    Inapropriado para a utilização ao ar livre. Altura de entrada em funcionamento máxima de 2000 m ü NN. Umidade relativa do ar máxima de 95% (não condensada)

    Grau de proteção

    IP 66, NEMA 4x

    Norma

    Infravermelhos: ISO 7027, DIN EN 27027

    Dimensões A x L x P

    35 x 30 x 30 cm

    Peso

    2,5 kg

    Norma

    Limpeza por ultrassons

    Código

    TUC 1

    Infravermelhos: ISO 7027, DIN EN 27027

    Não

    1037696

    TUC 2

    Luz branca: US EPA 180.1

    Não

    1037695

    TUC 5

    Infravermelhos: ISO 7027, DIN EN 27027

    Sim

    1115440

    TUC 6

    Luz branca: US EPA 180.1

    Sim

    1115441

    Downloads para Ponto de medição para turvamento DULCOTEST DULCO turb C

    Mais no centro de download

    0 Resultados
    filtrar por tipo de documento
    Artigo especializado (0)
    Brochuras / Folhetos (0)
    Catálogo (0)
    Certificado / Explicação (0)
    Comunicado de imprensa (0)
    Desenho / Folha de dimensões / 3D (0)
    Esquema de circuitos (0)
    Exemplo de aplicação / Referência (0)
    Ficha de dados (0)
    Ficha de dados de segurança (0)
    Manual de instruções (0)
    Outros (0)
    Software (0)
    Vista explodida / Peças sobressalentes (0)

    Filtros selecionados:

    Downloads apropriados

    Ordenar por A a Z
    Descarregar outros resultados ...
    Nenhuns outros resultados disponíveis!

    Leider haben wir kein passendes Suchergebnis gefunden.

    Alle Wörter richtig geschrieben?
    Mit weniger oder anderen Suchbegriffen erneut versuchen?

    Tente mais tarde

    Service Unavailable

    The server is temporarily unable to service your request due to maintenance downtime or capacity problems. Please try again later.

    Vista geral

    Medição online confiável do turvamento com pontos de medição DULCOTEST DULCO turb C

    Os pontos de medição DULCOTEST para turvamento DULCO turb C com as versões TUC 1, TUC 2, TUC 5, TUC 6 são pontos de medição de turvamento compactos online compostos por sensor, armação de caudal e aparelho de medição. O aparelho de medição permite a exibição do valor de medição, a calibração, a transmissão do valor de medição através de um sinal de 4 – 20 mA e índices de violações dos valores limite e erros no aparelho. A cuvete de medição integrada no aparelho de medição possibilita a operação do aparelho no bypass do tubo do processo. No processo, o dispositivo de medição ótica não entra em contato com o fluido a medir.

    O objetivo é o tratamento de água potável, a partir da aplicação do DULCO turb C em todos os passos do tratamento de água bruta, desde o monitoramento da filtragem até à medição do turvamento fino na água potável distribuída. Além disso, é possibilitado o monitoramento de turvamento de água de consumo levemente afetada, de águas residuais e de águas para tratamento na indústria alimentícia e de bebidas até um valor de turvamento de 1000 NTU. Os pontos de medição TUC 5, TUC 6 são o modelo posterior dos tipos TUC 3 e TUC 4 e , como estes, ao contrário dos tipos TUC 1/TUC 2, incluem uma função de autolimpeza baseada em ultrassom. Esta contribui para prolongar os intervalos de manutenção, o que é particularmente importante quando utilizada em águas com tendência à formação de depósitos. Os novos aparelhos de medição são, em grande parte, construtivamente idênticos aos antigos aparelhos. Distinguem-se apenas pela utilização de 5 teclas em vez da utilização de 4 teclas e a conexão USB com as funções de software que lhes estão associadas:

    • Recolha e memorização de dados de 1 ano de dados de medição e calibração
    • Variável, selecionável pelo utilizador, intervalos de gravação de 1 a 60 minutos
    • Descarregamento de dados através de uma unidade flash USB
    • Atualizações de software através da unidade flash USB
    • Saídas Modbus 4-20 mA e RS-485 em simultâneo

    O princípio de medição corresponde ao de uma medição de luz de espalhamento. O raio de luz projetada na cuvete de medição com a amostra de água é difundido pelas partículas de substâncias turvas e é medida a luz de difusão em ângulo reto (90°) em relação à luz projetada (medição nefelométrica). A unidade de medição para a medição de turvamento pode ser indicada em NTU (Nephelometric Turbidity Unit) ou FNU (Formazin Nephelometric Unit). O processo de medição dos tipos TUC 1/TUC 5 (luz infravermelhos) corresponde à norma válida internacional ISO 7027 e à norma europeia DIN EN 27027. O processo de edição dos tipos TUC 2/TUC 6 (luz branca) corresponde à norma dos EUA USEPA 180.1.

    Detalhes

    • O banco óptico não fica em contato com a amostra, amenizando erros de leituras e aumentado a vida útil dos sensores e emissores.
    • Cubeta de análise móvel que facilita a limpeza e calibração. Amostra de apenas 30 ml que aumenta o tempo de resposta.
    • Um único módulo para análise óptica e processamento do valor de medição, além de calibração com amostras padrões em um único ponto.
    • Facilidade no start-up do sistema e na operação, com envio de sinal para o display quando detecta alguma falha ou sujeira.
    • Controle de tempo integral, informando o total de horas por dia de execução e o total de dias de funcionamento a partir da data de instalação.
    • Função diagnóstico, que oferece registro das últimas 24hs completas: operação de válvula do dreno, relé, condutividade e temperatura.

    Aplicação

    Dados técnicos

    Downloads

    Contacte-nos

    »Eu e a minha equipa estamos sempre à sua disposição. Envie-nos a sua questão.«

    +351 211 582 148  Enviar pergunta   

    Fechar o formulário

    A sua questão

    Dados pessoais


    outro produto +
    Anexo de ficheiro
    Carregar outro ficheiro

    Dados pessoais


    Verifique os seus dados e preencha todos os campos obrigatórios.
    *Campos obrigatórios

    Verificar e enviar


    Dados pessoais:
    Forma de tratamento
    Título
    Sobrenome  
    Nome próprio  
    Empresa
    Número de cliente
    Endereço de e-mail
    Número de telefone
    Rua
    Número da porta
    Local  
    País
    Recolha Sim

    Retroceder

    Produtos adequados

    1 2

    ProMinent Newsletter - as últimas novidades, à sua medida! Subscrever agora