Sugestões de pesquisa

Sensores para bromo DULCOTEST

Faixa de medição: 0,01 – 10 mg/l

Medição de bromo com sensores DULCOTEST: Dosagem segura com bromo em processos de desinfecção. A elevada robustez permite que seja usado com águas de qualidades diferentes.

Descrição do produto

Medição online confiável de Bromo – com os sensores DULCOTEST

Em alternativa aos compostos de cloro, são cada vez mais utilizados para desinfecções de água compostos de bromo, apesar dos elevados custos dos reagentes.

Em comparação com os compostos de cloro, o bromo oferece algumas vantagens ao ser utilizado para desinfecção:

  • Efeito de desinfecção superior com valores de pH maiores.
  • Volatilidade reduzida com temperaturas mais altas.
  • Alimentação inferior de corrosão.
  • Geração de odor e irritação das mucosas reduzidas dos compostos de bromo calmos (bromo combinado).

Com a nossa linha de produtos de sensores de bromo DULCOTEST, tem à sua disposição três tipos de sensor para a resolução da sua tarefa de medição.

Os tipos de sensor CBR1-mA e BCR1-mA são resistentes a água contaminada e têm como finalidade o tratamento da água de refrigeração. O modelo CBR1 está adaptado ao bromo livre a partir do processo de bromação inorgânico, como por ex. brometo de sódio + hipoclorito de sódio ou utilização de BrCl.

O tipo de sensor BCR1-mA é ideal para a medição de agentes de bromação orgânicos (por ex., BCDMH).

O tipo de sensor BRE3-CAN é oferecido para o tratamento da água de piscinas por meio de BCDMH para o sistema de medição e regulagem DULCOMARIN.

Detalhes

  • Execução eficiente de processos através de medição amperométrica precisa em tempo real (tempo de resposta reduzido).
  • Utilização nas mais diversas qualidades de água (grau de sujeira, pH, teor de sal, temperatura).
  • Sem perturbações decorrentes de turvamento ou coloração devido ao princípio de medição amperométrica.
  • Sem desvios graças ao ponto zero estável.
  • Sem perturbação devido a influências de temperatura graças à compensação de temperatura integrada.
  • Dependência reduzida do fluxo e dos constituintes da água, bem como dos fluidos formadores de revestimento devido aos eletrodos revestidos por membrana.

Aplicação

  • Desinfecção da água da torre de refrigeração
  • Desinfecção da água de piscinas e banheiras de hidromassagem
  • Desinfecção da água do mar

    Detalhes

    Possível medição de todos os reagentes de bromo usuais para desinfecção:

    • Bromo livre inorgânico, por ex., após o processo de bromo ACTI: HOBr, ou bromo composto anorgânico (p. ex. comercializado sob a designação Stabrex®)
    • DBDMH (1,3-dibromo-5,5-dimetilo.hidantoína), por ex., é comercializado sob a designação Albrom 100®
    • BCDMH (1-Bromo-3-Cloro-5,5-dimetilo.hidantoína), por ex., é comercializado sob a designação Brom-Sticks®

    Sensor para bromo total disponível BCR 1-mA (substitui o tipo mais antigo BRE 1)

    Sensor para o desinfetante BCDMH e outros desinfetantes oxidantes orgânicos de bromo e cloro total também em águas contaminadas e/ou para valores de pH de até 9,5. Para operação em equipamentos de medição e controle com entrada mA

    Vantagens

    • Mensuranda: bromo total disponível de BCDMH (1-bromo-3-cloro-5,5-dimetil-hidantoína)
    • Sensor coberto por membrana diminui interferências devido a fluxo variável ou substâncias na água, sulfonato de N-Bromamida
    • A resistência a um bloqueio é obtida por meio de um eletrólito como efeito antimicrobiano (menos obstruções devido a biofilme), bem como por meio de uma membrana com poros grandes (menos obstruções devido a partículas/sujeira sólidas)
    • Aplicabilidade com pH elevado devido à otimização do sistema de membrana de eletrólitos

    Mensuranda

    Total de bromo disponível BCDMH (1-bromo-3-cloro-5,5-dimetil-hidantoína) e sulfonato de N-bromamida, cloro total

    Método de referência

    DPD4

    gama de pH

    5,0…9,5

    Temperatura

    5…45 °C

    Pressão máx.

    1,0 bar

    Fluxo de entrada

    DGMa, DLG III: 60…80 l/h
    BAMa: 5...100 l/h (conforme versão)

    Tensão de alimentação

    16…24 V DC (tecnologia de dois condutores)

    Sinal de saída

    4 – 20 mA ≈ faixa de medição, com compensação da temperatura, não calibrada, sem isolamento galvânico

    Seletividade

    não seletiva, com sensibilidade transversal em relação a vários agentes oxidantes

    Procedimento de desinfeção

    BCDMH (1-Bromo-3-Cloro-5,5-Dimetilhidantoína), Sulfonato de N-Bromamida

    Instalação

    Bypass: descarga da água de medição aberta

    Válvula do sensor

    BAMa, DGMa, DLG III

    Controladores

    D1C, DAC, AEGIS II

    Aplicação habitual

    Água de refrigeração, Água de serviço, Águas residuais, Água das piscinas, Água com valores de pH elevados (pH estável).

    Resistência a

    Depósitos de sujeira, biofilme, tensioativo

    Princípio de medição, Tecnologia

    amperométrico, 2 eletrodos, coberto por membrana

    Intervalo de medição

    Código

    BCR 1-mA-0,5 ppm

    0,01…0,5 mg/l

    1041697

    BCR 1-mA-2 ppm

    0,02…2,0 mg/l

    1040115

    BCR 1-mA-10 ppm

    0,10…10,0 mg/l

    1041698

    Sensor para cloro total disponível BRE 3-CAN-P

    Sensor para bromo livre e combinado também para água levemente contaminada. Para operação em equipamentos de medição e controle com ligação ao bus CAN

    Vantagens

    • Mensuranda: cloro total disponível de BCDMH e outros desinfetantes oxidantes orgânicos de bromo
    • Sensor coberto por membrana diminui interferências devido a fluxo variável ou substâncias na água
    • Aplicação com valor de pH elevado devido à otimização do sistema de membrana de eletrólitos
    • Operação no bus CAN com todas as vantagens associadas

    Mensuranda

    Bromo total disponível

    Método de referência

    Para DBDMH, bromo livre: DPD1. Para BCDMH: DPD4

    dependência ao pH

    com alteração do pH de pH 7 para pH 8, a sensibilidade dos sensores reduz-se
    a) com DBDMH e bromo livre aprox. 10%
    b) com BCDMH de aprox. 25%

    Temperatura

    5…45 °C

    Pressão máx.

    3,0 bar

    Fluxo de entrada

    DGMa, DLG III: 30…60 l/h
    BAMa: 5...100 l/h (conforme versão)

    Tensão de alimentação

    através da interface CAN (11 – 30 V)

    Sinal de saída

    não calibrado, com compensação da temperatura, com isolamento galvânico

    Seletividade

    não seletiva, com sensibilidade transversal em relação a vários agentes oxidantes

    Procedimento de desinfeção

    DBDMH (1,3-Dibromo-5,5-Dimetilhidantoína), BCDMH (1-Bromo-3-Cloro-5,5-Dimetilhidantoína), Bromo livre (HOBr, OBr-)

    Instalação

    Bypass: descarga da água de medição aberta

    Válvula do sensor

    BAMa, DGMa, DLG III

    Controladores

    DULCOMARIN

    Aplicação habitual

    Piscinas/banheiras de hidromassagem.

    Resistência a

    Tensioativo

    Princípio de medição, Tecnologia

    amperométrico, 2 eletrodos, coberto por membrana

    Intervalo de medição

    Código

    BRE 3-CAN-P-10 ppm

    0,02…10,0 mg/l

    1083573

    Nota: para a primeira montagem dos sensores de bromo na sonda contínua DLG III é necessário um conjunto de montagem (encomenda n.º 815079).

    Sensor para bromo livre e combinado CBR 1-mA (substitui o tipo mais antigo BRE 2)

    Sensor para o cloro e bromo livres em águas contaminadas, também para valores de pH elevados de até 9,5. Para operação com equipamentos de medição e controle com entrada de 4-20 mA

    Vantagens

    • Variável de medição: cloro livre e bromo livre e combinado (Bromamina)
    • Sensor coberto por diafragma diminui interferências devido a fluxo variável ou substâncias na água
    • Resistência a depósitos de sujeira e biofilme devido ao eletrólito com ação antimicrobiana e diafragma de poros grandes
    • Aplicação com valor de pH elevado de até 9,5 devido à otimização do sistema de diafragma de eletrólitos

    Mensuranda

    cloro livre, bromo livre, bromo combinado, DBDMH (1,3-dibromo-5,5-dimetil-hidantoína)

    Método de referência

    DPD1

    gama de pH

    5…9,5

    Temperatura

    1…40 °C

    Pressão máx.

    1,0 bar

    Fluxo de entrada

    DGMa: 20…80 l/h
    DLG III: 40…100 l/h
    BAMa: 5...100 l/h (conforme versão)

    Tensão de alimentação

    16…24 V DC (tecnologia de dois condutores)

    Sinal de saída

    4 – 20 mA ≈ faixa de medição, com compensação da temperatura, não calibrada, sem isolamento galvânico

    Seletividade

    cloro livre em relação ao cloro combinado

    Procedimento de desinfeção

    Cloro gasoso, hipoclorito, eletrólise com membrana, brometo + hipoclorito, DBDMH

    Instalação

    Bypass: descarga da água de medição aberta

    Válvula do sensor

    BAMa, DGMa, DLG III

    Controladores

    D1C, DAC, AEGIS II

    Aplicação habitual

    Água de refrigeração, água de serviço, águas residuais, água com valores de pH elevados (pH estável), água de piscina contaminada. Em piscinas para determinação do cloro combinado a partir da diferença: Cloro total menos cloro livre. Água bruta para o tratamento de água potável.

    Resistência a

    Sal, ácido, água sanitária, tensioativo, depósitos de sujeira

    Princípio de medição, Tecnologia

    amperométrico, 2 eletrodos, coberto por membrana

    Intervalo de medição

    Código

    * Faixa de medição com relação ao cloro. Durante a medição do bromo, os limites inferior e superior da faixa de medição estão aumentados pelo fator 2,25, ou seja, por ex. CBR 1-mA-0,5ppm: 0,02 ...1,1 ppm.

    CBR 1-mA-0,5 ppm

    0,01…0,5 mg/l *

    1038016

    CBR 1-mA-2 ppm

    0,02…2,0 mg/l *

    1038015

    CBR 1-mA-5 ppm

    0,05…5,0 mg/l *

    1052138

    CBR 1-mA-10 ppm

    0,10…10,0 mg/l *

    1038014

    Sensor para bromo livre e combinado CBR 1-CAN-P

    Sensor para o cloro e bromo livres em águas contaminadas, também para valores de pH elevados de até 9,5. Para operação em equipamento de medição e controle com ligação ao bus CAN.

    Vantagens

    • Variável de medição: cloro livre e bromo livre e combinado (Bromamina)
    • Sensor coberto por diafragma diminui interferências devido a fluxo variável ou substâncias na água
    • Resistência a depósitos de sujeira e biofilme devido ao eletrólito com ação antimicrobiana e diafragma de poros grandes
    • Aplicação com valor de pH elevado de até 9,5 devido à otimização do sistema de diafragma de eletrólitos

    Mensuranda

    cloro livre, bromo livre, bromo combinado, DBDMH (1,3-dibromo-5,5-dimetil-hidantoína)

    Método de referência

    DPD1

    gama de pH

    5…9,5

    Temperatura

    1…40 °C

    Pressão máx.

    1,0 bar

    Fluxo de entrada

    DGMa: 20…80 l/h
    DLG III: 40…100 l/h
    BAMa: 5...100 l/h (conforme versão)

    Tensão de alimentação

    11…30 V DC (através da interface CAN)

    Sinal de saída

    digital (CANopen), não calibrado, com compensação da temperatura, com isolamento galvânico

    Seletividade

    cloro livre em relação ao cloro combinado

    Procedimento de desinfeção

    Cloro gasoso, hipoclorito, eletrólise com membrana, brometo + hipoclorito, DBDMH

    Instalação

    Bypass: descarga da água de medição aberta

    Válvula do sensor

    BAMa, DGMa, DLG III

    Controladores

    DULCOMARIN 3, DULCOMARIN II somente com hardware após o 06.02.2014 a partir da versão de software 3035

    Aplicação habitual

    Água de refrigeração, água de serviço, águas residuais, água com valores de pH elevados (pH estável), água de piscina contaminada. Em piscinas para determinação do cloro combinado a partir da diferença: Cloro total menos cloro livre. Água bruta para o tratamento de água potável.

    Resistência a

    Depósitos de sujeira, biofilme, tensioativo

    Princípio de medição, Tecnologia

    amperométrico, 2 eletrodos, coberto por membrana

    Intervalo de medição

    Código

    CBR 1-CAN-P-10ppm

    0,01…10,0 mg/l

    1083135

    Downloads para Sensores para bromo DULCOTEST

    Mais no centro de download

    0 Resultados
    filtrar por tipo de documento
    Artigo especializado (0)
    Brochuras / Folhetos (0)
    Catálogo (0)
    Certificado / Explicação (0)
    Comunicado de imprensa (0)
    Desenho / Folha de dimensões / 3D (0)
    Esquema de circuitos (0)
    Exemplo de aplicação / Referência (0)
    Ficha de dados (0)
    Ficha de dados de segurança (0)
    Manual de instruções (0)
    Outros (0)
    Software (0)
    Vista explodida / Peças sobressalentes (0)

    Filtros selecionados:

    Downloads apropriados

    Ordenar por A a Z
    Descarregar outros resultados ...
    Nenhuns outros resultados disponíveis!

    Leider haben wir kein passendes Suchergebnis gefunden.

    Alle Wörter richtig geschrieben?
    Mit weniger oder anderen Suchbegriffen erneut versuchen?

    Tente mais tarde

    Service Unavailable

    The server is temporarily unable to service your request due to maintenance downtime or capacity problems. Please try again later.

    Vista geral

    Medição online confiável de Bromo – com os sensores DULCOTEST

    Em alternativa aos compostos de cloro, são cada vez mais utilizados para desinfecções de água compostos de bromo, apesar dos elevados custos dos reagentes.

    Em comparação com os compostos de cloro, o bromo oferece algumas vantagens ao ser utilizado para desinfecção:

    • Efeito de desinfecção superior com valores de pH maiores.
    • Volatilidade reduzida com temperaturas mais altas.
    • Alimentação inferior de corrosão.
    • Geração de odor e irritação das mucosas reduzidas dos compostos de bromo calmos (bromo combinado).

    Com a nossa linha de produtos de sensores de bromo DULCOTEST, tem à sua disposição três tipos de sensor para a resolução da sua tarefa de medição.

    Os tipos de sensor CBR1-mA e BCR1-mA são resistentes a água contaminada e têm como finalidade o tratamento da água de refrigeração. O modelo CBR1 está adaptado ao bromo livre a partir do processo de bromação inorgânico, como por ex. brometo de sódio + hipoclorito de sódio ou utilização de BrCl.

    O tipo de sensor BCR1-mA é ideal para a medição de agentes de bromação orgânicos (por ex., BCDMH).

    O tipo de sensor BRE3-CAN é oferecido para o tratamento da água de piscinas por meio de BCDMH para o sistema de medição e regulagem DULCOMARIN.

    Detalhes

    • Execução eficiente de processos através de medição amperométrica precisa em tempo real (tempo de resposta reduzido).
    • Utilização nas mais diversas qualidades de água (grau de sujeira, pH, teor de sal, temperatura).
    • Sem perturbações decorrentes de turvamento ou coloração devido ao princípio de medição amperométrica.
    • Sem desvios graças ao ponto zero estável.
    • Sem perturbação devido a influências de temperatura graças à compensação de temperatura integrada.
    • Dependência reduzida do fluxo e dos constituintes da água, bem como dos fluidos formadores de revestimento devido aos eletrodos revestidos por membrana.

    Aplicação

    Dados técnicos

    Downloads

    Contacte-nos

    »Eu e a minha equipa estamos sempre à sua disposição. Envie-nos a sua questão.«

    +351 211 582 148  Enviar pergunta   

    Fechar o formulário

    A sua questão

    Dados pessoais


    outro produto +
    Anexo de ficheiro
    Carregar outro ficheiro

    Dados pessoais


    Verifique os seus dados e preencha todos os campos obrigatórios.
    *Campos obrigatórios

    Verificar e enviar


    Dados pessoais:
    Forma de tratamento
    Título
    Sobrenome  
    Nome próprio  
    Empresa
    Número de cliente
    Endereço de e-mail
    Número de telefone
    Rua
    Número da porta
    Local  
    País
    Recolha Sim

    Retroceder

    Peças sobresselentes e acessórios

    Produtos adequados

    1 2 3

    ProMinent Newsletter - as últimas novidades, à sua medida! Subscrever agora